DIA MUNDIAL DAS REDES SOCIAIS

Governo regulariza imigrantes que estejam há um ano no mercado de trabalho
30 Junho, 2018
Portugal, o melhor destino turístico europeu pelo segundo ano consecutivo pelos World Travel Awards, os “óscares do turismo mundial”
3 Julho, 2018

DIA MUNDIAL DAS REDES SOCIAIS

Midias Sociais

Nesta sexta-feira, 30, o mundo celebra o Dia da Mídia Social. Criado pelo site de tecnologia Mashable há exatos sete anos.

 

A data visa reconhecer e celebrar o impacto dessas plataformas digitais na comunicação moderna. Mais do que estar no centro das relações digitais estabelecidas entre as pessoas ao redor do mundo, pode-se afirmar que as mídias sociais mudaram para sempre a vida dos usuários da rede mundial de computadores.

 

Além de unir, por meio de redes sociais, comunidades de pessoas que compartilham de um mesmo interesse sem estabelecer limites de fronteiras, a social media também derrubou o muro que separa empresas de pessoas, permitindo uma interação sem precedentes entre marcas e clientes. É nesse ambiente que as empresas se aproximam dos seus consumidores, conhecem seus perfis de compra e aprendem com suas preferências e reclamações.

 

No final, essa relação traz vantagens para os dois lados: as marcas entendem melhor as necessidades dos seus consumidores, enquanto estes recebem um tratamento mais alinhado com suas expectativas. Conheça, na lista abaixo, cinco possibilidades de interação criadas pelas mídias sociais que ajudam a aproximar as marcas de seus clientes:

Perfil social da marca
Estar presente nas mídias sociais é ser visto, ser encontrado e ser lembrado. Para tanto, é preciso manter um perfil próprio, que dê um rosto à pessoa. O mesmo raciocínio se aplica para as marcas. “Ter um perfil permite que a marca construa um relacionamento com os seus clientes, por meio do conteúdo, respostas e estímulo à conversa”, afirma Ana Maria Bicca, Social Media Coordinator da Cadastra, agência de marketing digital full service. Segundo ela, é na mídia social que a marca participa do cotidiano dos seus seguidores, além de contar com a vantagem de ter o feedback direto do seu público para redefinir estratégias. Mas atenção: perfil não atualizado é perfil esquecido. “Não basta estar ali, é preciso ser ativo, produzir conteúdo e interagir com o público. O conteúdo é importante para contextualizar os valores, identidade e posicionamento da marca”, conclui.

Parceria com influenciadores
A relação com influenciadores digitais abre uma nova frente no universo de estratégias de marketing na mídia social.  Com ela, as marcas se comunicam com seu público-alvo por meio de ações junto a personalidades que detêm a atenção e a credibilidade de sua audiência. “As pessoas frequentam as mídias sociais para navegar em universos que façam sentido para suas vidas, buscando conteúdos que agreguem profissionalmente e também para o dia-a-dia delas. Nesse ambiente, os influenciadores são aqueles que criam conteúdo relevante e acessível. A vantagem para uma marca usar um influenciador na sua comunicação é estar inserida dentro desse conteúdo relevante”, afirma Gian Barbera, que é sócio da iFruit, agência do ramo de digital influencersBarbera conta que, frente à demanda de grandes marcas por parcerias em mídias sociais, a iFruit decidiu fechar seu próprio casting interno de influenciadores para oferecer para o mercado.

Análise de comportamento
As mídias sociais também são um verdadeiro banco de dados a céu aberto. Além das informações fornecidas para a criação de um perfil, os usuários deixam rastros por meio de postagens, curtidas, compartilhamentos e outras interações que permitem analisar seus hábitos de consumo e programar ações de marketing personalizadas. “O crescimento de aplicações Big Data abre caminho para o desenvolvimento de soluções cada vez mais inteligentes e efetivas para se aproximar do consumidor”, afirma Bruno Gianelli, sócio-diretor da Betalabs, empresa especializada em plataforma de gestão para o comércio eletrônico. Exemplo disso são as notificações de push por navegador ou aplicativo. Essa tendência tem se consolidado diante de um número crescente de sites e apps que disponibilizam o envio de notícias ou novidades sobre produtos para toda sua base de usuários, de acordo com o especialista.

Posts patrocinados
Uma estratégia de marketing fundamental para uma marca atingir seu público, e, mais que isso, atrair nova clientela, são os posts patrocinados nas mídias sociais. “O conteúdo patrocinado é fundamental para a marca alcançar um público específico para seu segmento. Através de campanhas patrocinadas, conseguimos definir o raio de alcance da divulgação, além de faixa etária, sexo, dentre outros filtros finos para geração de novas ações”, diz Thiago Regis, diretor de novos negócios da agência de marketing digital Pílula Criativa. Ele reforça que, no caso de empresas de pequeno e médio porte, é estratégico investir em publiposts, conteúdos compartilhados em outros perfis e campanhas patrocinadas.

Relacionamento e Customer Experience
Além de ser um espaço para produção e divulgação de conteúdo, a mídia social também é um canal ideal de relacionamento com o cliente. Pelo conceito de Customer Experience, não basta apenas vender um bom produto para agradar o consumidor, mas oferecer uma experiência que vá além da venda para que ele se lembre da marca e siga se relacionando com ela. De acordo com a Mutant, empresa brasileira com foco em Customer Experience, para se comunicar com o cliente, a marca precisa conhecer o seus hábitos e suas necessidades, além de acompanhá-lo fora do ambiente de compras. As redes sociais criam essa oportunidade de contato que amplia a experiência do usuário. Esse relacionamento impacta no nível de satisfação do cliente, gerando engajamento e fidelidade com a marca.

 

Fonte: 33giga.com.br

...

VPDICAS traz outro artigo sobre o tema, onde ilustra com dados estatísticos a utilização das principais plataformas digitais.

O DIA MUNDIAL DAS REDES SOCIAIS ASSINALA-SE

30 DE JUNHO.

Por admin – Estudos Multidados®
Junho, 2018

A data foi criada pelo siteMashable em 2010, como uma forma de reconhecer a revolução digital que fez dos media um ambiente social.

A cada dia que passa as redes sociais ganham mais importância. Estas aplicações tornaram-se fenómenos, como são exemplo o Facebook e o Twitter. O Snapchat, o Whatsapp, o LinkedIn e o Instagram são ainda, outros exemplos das redes sociais mais populares no mundo. Quer para cidadãos, quer para organizações.

A multidados.com não deixou passar este dia em claro e procurou saber junto dos portugueses que uso e conhecimento têm das redes sociais.

A plataforma social mais utilizada pela população é, como esperado, o Facebook, para 13,3% dos inquiridos é a sua plataforma de eleição. Seguindo-se o Facebook Messenger (10,2%), Whatsapp (9,5%), Youtube (9,2%) e Instagram (8,9%).

Mas a relativamente à interacção dos utilizadores nas redes sociais, tem-se verificado um decréscimo nas “redes públicas”. Ainda que, cerca de 58,3% assuma publicar nas suas plataformas eventos do seu dia-a-dia.

Como já referido anteriormente, verifica-se um decréscimo nas partilhas públicas e nessa ótica, relativamente à participação em grupos sociais fechados, três quartos (75%) da população inquirida afirma integrar pelo menos um grupo, independentemente da rede.

Numa perspectiva profissional, a população foi chamada a responder à questão: “utiliza as redes sociais como ferramenta profissional?” 43,1% dos inquiridos admite que sim, enquanto que 56,9% utilizam as redes sociais apenas como ferramenta de lazer.

OS USOS DAS REDES SOCIAIS

As atuais funcionalidades de cada rede social são imensas e a multidados.com quis saber se os portugueses realmente utilizam esta plataforma para além conhecida partilha de momentos de dia-a-dia. Na questão “Utiliza as redes sociais como ferramenta de pesquisa, em vez do Google?” menos de metade da população utiliza as redes sociais como uma ferramenta de pesquisa. Para 59,7% ainda é o Google, o maior motor de pesquisa do mundo, a conquistar a preferência dos portugueses.

E ainda relativamente à possibilidade de adquirir produtos pelas redes sociais 67,4% da população refere que nunca adquiriu produtos, através das redes sociais.

Por contraste, no que diz respeito às avaliações de produtos ou serviços, a maioria dos inquiridos, cerca de 62,2%,  utiliza as redes sociais para obter avaliações de produtos ou serviços que pretende comprar.

As redes sociais são, hoje, uma das grandes atrações na sociedade. Jovens, adultos e idosos utilizam estes meios para partilhar informações pessoais e discutir ideias, de uma maneira rápida e eficiente.

A certeza é, no entanto, de que cada vez vivemos num mundo menor e interligado.

#multidados #socialmedia #facebook #whatsapp #instagram #twitter #snapchat #vpdicas #33giga #g3tech

Fonte:

Imagem de destaque: g3tech.agency

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *